YOUnique4Europe – Mapeamento e apresentação das tuas competências pessoais e sociais únicas
para uma melhor empregabilidade no mundo digital ERASMUS+: 2019-1-DE02-KA202-006119
   

A Soft Skill adaptabilidade descreve a capacidade de uma pessoa adaptar-se a determinadas situações e circunstâncias que aparecem no seu ambiente de trabalho, social e privado, assim como mudanças que ocorrem a nível global.

Isto requer não apenas um certo grau de flexibilidade e rapidez em pensar e agir, mas também na abertura a novas coisas e mudanças. A reflexão crítica e a aprendizagem ao longo da vida serão os requisitos padrão no percurso dos processos de mudança de grande alcance.

 

Sinónimos: ajustar, capacidade de adaptação

Competências secundárias: mente aberta, reflexão crítica, autoaprendizagem, resiliência, flexibilidade, agilidade

Para demonstrar a adaptabilidade,
a Almeira sugere-te:

  1. Ser aberto a novas experiências.
  2. Adquirir estratégias e ferramentas de aprendizagem próprias.
  3. Colocar esforço extra nas tarefas que são prioritárias.
  4. Tornares-te mais flexível e cooperativo com os colegas que possam ter problemas em cumprir prazos.
  5. Aceitar todo o tipo de mudanças de forma positiva e gerir a carga de trabalho em função das circunstâncias.
  6. Mostrar abertura para mudar e aprender.

Exemplos - Adaptabilidade


A Lisa trabalhou para os bombeiros durante 10 anos. No passado, foi elogiada pela sua capacidade em adaptar-se a novas exigências, no entanto, quando ela soube que a sua função ia ser mudada de uma abordagem tradicional de combate a incêndios para uma abordagem mais assente no envolvimento com a comunidade, ela começou a sentir-se desconfortável e preocupada com a sua capacidade em ser bem sucedida.

No entanto, a Lisa continuou bastante comprometida com os Bombeiros e decidiu ter uma abordagem de adaptação para contribuir para a sua comunidade, ganhar novas competências, aproveitar a sua função e ter uma experiência de crescimento positivo e desenvolvimento pessoal.


No seu primeiro dia de trabalho na agência de comunicação, pediram ao Paul para entregar uma publicação para o blog antes das 5 da tarde. Foi um grande desafio para ele porque foi necessário um grande esforço físico e mental para entregar o que era pretendido antes do prazo.

Ao mesmo tempo, partilhar com o mundo exterior não era algo que ele costumava fazer. Assim que se apercebeu que partilhar poderia potenciar o seu crescimento, começou a ver a escrita como uma forma de expressar as suas paixões aos leitores. Em menos de uma semana, ele também mudou os seus hábitos de sono para adaptar-se a mais horas de trabalho. A abordagem dele aos desafios do seu dia a dia melhorou e o seu emprego tornou-se muito mais interessante.